Confraria Solteiros & Solterias
Partner Clube Confraria de Solteiros & Descasados
Partner Clube Confraria de Solterios

Partner Clube ConfrariaQuem SomosLista de EventosSpeed Dating, encontro rápidoJantares em Porto AlegreDancar em Porto AlegreViagens singleCadastro, inscricao

Comemore seu aniversário conosco
Carlos Vycente - Promoter Partner Clube Quem não quer um amor?

O Homem Apaixonado


Você conhece algum homem apaixonado? Se você conhece ou conheceu, reflita comigo; - você conheceu o que há de melhor nesse mundo. Nossa cultura nos diz que; os homens foram feitos para serem massacrados de responsabilidades, batalhas, conquistas, dificuldades financeiras, luta pela sobrevivência e o estigma de carregar o mundo nas costas (assim pensa a sociedade). É fácil e comum encontrar uma mulher apaixonada, mas homens apaixonados quase não percebemos, é o silencio dos sentimentos masculinos. Fingem tão bem não ligar, reduzem o amor a conquista, a disputas e objetivos práticos, mas, assim que atingem tal objetivo o mesmo passa a não ter o mesmo fascínio.
Parece pecado se apaixonar! Deve ser uma terrível gafe demonstrar sentimentos e condenável ser simplesmente humano.
Gente, não existe esse macho full time! Todos nós temos de tudo; o poder, a beleza, o bem , o mal, o masculino, o feminino, o yin e o yang. Por outro lado, quando um homem deixa que esses sentimentos aflorarem, é como ver uma criança dando os primeiros passos, ou um passarinho no seu primeiro vôo. Esse homem apaixonado passa a ser mais exigente, a ter carências, vicissitudes. Passa a gostar de lojas, de moda, perfumes, cremes, livros, passa a prestar mais atenção em letras de músicas... enfim, torna-se mais sensível. Se você souber manter essa chama acesa, souber lidar com esse homem enfeitiçado, será uma mulher abençoada, porque ele é capaz de tudo para ver você feliz, não medirá esforços.
Acolha-o, Sinta-o, Ame-o, Mime-o. Alimente-o de afagos, de agrados, de elogios. Mostre correspondência de sentimentos, mas, não o prenda.
Deixe-o livre para escolher você. Escolher estar com você, preferir você a qualquer coisa. Mas por vontade dele. O erro de muitas mulheres é querer prender seu homem, controlar seus passos, cerca-lo não de afeto, mas de desconfiança. Se ele estiver amando você, ele é seu. É preciso compreender a necessidade de espaço e respeito mútuo. E os limites são; o outro é o outro, você é você. O outro não é seu espelho e nem seu ideal e objetivo. E nada de se anular em função do amor. Devemos manter os hábitos, amigos, lazer, trabalho, individualidade. Essa é a diferença entre a mulher apaixonada e o homem apaixonado.
O homem não ama menos, não sente menos, não sofre menos por amor, apenas sempre manteve sua individualidade.
Assim sendo, ao encontrar com o homem apaixonado, ao se apaixonar por ele, não abra mão de seu espaço, de sua individualidade, porque só assim poderá entender a postura dele.

Carlos Vicente


Uma Vida sem Par

Se te perguntar como seria a pessoa com quem gostaria de namorar é bem capaz que você me apresente uma lista bem grande de exigências. Tem que ser sensível, inteligente, companheiro, fiel, bom pai, trabalhador, sem vícios, sarado, honesto, bem humorado, alto, magro, elegante, etc., etc.

Entre homens e mulheres isso é comum, querem encontrar alguém que esteja de acordo com o seu próprio ideal. A mídia, as agências de aproximação, a Internet e alguns livros comerciais, acentuam a ilusão de que existe a alma gêmea ou a cara metade, que diga-se de passagem, nunca vem.

E a razão de tanta gente só, é por não terem paciência para aprofundar uma relação, se não for exatamente do jeito que quer (ideal), nada feito. Ficam procurando o par perfeito e não se dão conta que mesmo que ele exista e apareça tem que se ter habilidade para manter esse amor vivo. Neste sentido o amor de sua vida nunca vai cair do Céu.

Mas afinal o que está acontecendo?

Conforme uma pesquisa recente desenvolvida pelo (Ipea) Institudo de Pesquisa Econômica Aplicada da ONU, 10 % da população de Porto Alegre é de solteiras e separadas sem filhos que vivem sozinhas, e dessas, 37% não pretendem casar-se para preservar a liberdade ou por não quererem sofrer.

A solidão parece uma epidemia que está se alastrando pela humanidade. Há muitos inconvenientes na vida solitária. A pessoa tende a se acomodar, a não querer sair de casa, a abandonar os amigos. E propensa a ser mais triste. Não estou falando de casamento ou morar junto (o que não acho que seja solução), falo de relacionamento, envolvimento, cumplicidade.

Na verdade estamos exigentes com a gente mesmo.Todos temos defeitos, imperfeições e tentamos a todo custo disfarçar nossas vergonhas, protegendo-nos com uma máscara, fazendo de conta que somos seguros e bem sucedidos. Não abrimos mão de convicções de certo e errado e vamos nos distanciando dos sentimentos, do ser humano de carne, osso e coração

O que faz que nos aproximamos de outra pessoa, tenhamos intimidade (intimidade é preciso no relacionamento), é exatamente a naturalidade, a espontaneidade, aquele jeitinho de olhar maroto que tem a criança. Legal quando alguém se apresenta para você tal como é. Assim você fica mais humano e permite que alguém também humano se aproxime de você, mesmo que esta pessoa tenha lá suas imperfeições e fraquezas.

Só assim é que permitimos de fato que o amor aconteça.

Carlos Vycente

Voltar Página Inicial

Namoro ou Amizade?

Estou voltando com esse assunto, pois vejo na rua, nos cinemas, nos cafés e nos eventos em geral, homens de um lado e mulheres de outro. Difícil integração, mas por que isso ocorre? Por essas relações são tão truncadas? Vamos refletir;

Quando o lugar das mulheres era em casa, e o dos homens, no trabalho, a única maneira de se relacionarem era através de um romance. Atualmente, eles trabalham juntos, praticam esportes com o mesmo sucesso, vão a almoços, baladas, enfim, acontece toda socialização, que pode envolver tudo, mas não necessariamente um relacionamento amoroso. Essa igualdade e a consciência disso é que torna possível o relacionamento de amizade entre homem e mulher.

A sociedade sempre incentivou o romance como sendo o protótipo ideal de relacionamento masculino-feminino. Muitas pessoas não acreditam na possibilidade de essa amizade ser real e fazem sempre aquela pergunta; Vocês são só amigos mesmo?

Hoje o ponto que considero importante para que um homem e uma mulher possam se tornar amigos de verdade é o estabelecimento da igualdade entre amigos e o entendimento disso.
Os obstáculos são muitos, mas a amizade entre os dois sexos está se tornando não só uma possibilidade como também uma necessidade. Se homens e mulheres trabalham, brincam e convivem em quase todos os campos e ambientes do mundo atual, precisam aprender a se comunicar e a compreender um ao outro. As conseqüências positivas são muitas.

Por exemplo, com amizades do sexo oposto, é possível dobrar as possibilidades de contatos, o que resulta em duas vezes mais portas abertas. Homens podem se beneficiar do relacionamento com as mulheres, pois tem a possibilidade de se enriquecer emocionalmente, elas tendem a discutir seus sentimentos, enquanto os homens são mais racionais e costumam conversar sobre assuntos práticos e voltados para o grupo. A amizade com as mulheres pode levar os homens a falar mais de si mesmos, a perceber melhor o que sentem, proporcionando-lhes uma experiência enriquecedora e intima.

O beneficio que vejo para as mulheres também é precioso. Com o amigo não há como passar a noite tentando confortar a amiga que sofreu uma desilusão amorosa ou discutindo a melhor tática para conquistar um namorado. A carga emocional entre as mulheres é muito grande, e com o amigo as conversar não se tornam tão sensíveis, já que os homens não são tão envolvidos com esse tipo de assunto. Homens tendem a buscar soluções mais simples, enquanto as mulheres curtem um bom drama. Aproveitar a visão masculina vai proporcionar amplitude e objetividade à percepção. E o programa entre amigos é informal, sem joguinhos de segundas intenções!

Qualquer que seja o desafio dessa amizade (homem-mulher), os dois gêneros devem negociar de forma aberta e honesta quais os limites e significado do relacionamento, se a atração sexual é um fator real, como vão lidar com isso e até onde pretendem chegar. Com dialogo aberto, transparência, respeito dos sentimentos de cada um, a amizade vai florescer de modo agradável. Afinal ter amigos é um dos fatores que mais nos traz alegria de viver.

Carlos Vycente

Voltar Página Inicial

Quem não quer?

Quem não quer um amor, um relacionamento maduro, ser feliz, amar de verdade, ser amado, romantismo, um sexozinho de vez em quando?

Acredito que todo mundo quer. Adolescentes, jovens, maduros, velhos, todos querem!

Quando estamos amando, o mundo, a vida fica bem mais doce, leve, pouca ansiedade. Amar é bom, ser amado é ótimo.

Mas enquanto o amor não vem, estabeleça um dialogo consigo mesmo, procure ouvir-se, analisar comportamento, atitudes e desejos (caia na real: o par ideal não existe, só na tua cabeça). Aproveite a entressafra amorosa para a construção de uma vida maravilha a dois.

Para ser feliz no amor é fundamental ter uma boa auto-estima. Acredite, a felicidade amorosa começa justamente quando estamos sozinhos, à espera do amor. Deve-se compreender que aquilo que você espera que o parceiro faça, você é a única pessoa que deve e pode fazer, não fique esperando que o outro te faça feliz. Felicidade é uma conseqüência do investimento no relacionamento e em você. E a única pessoa que pode te fazer feliz é você mesmo!

Alimentar a expectativa de um (a) parceiro (a) que corresponda à todas as suas expectativas é o caminho mais curto para fazer os seus relacionamentos naufragarem.